Quem sou eu

Minha foto
"A verdadeira educação consiste em pôr a descoberto ou fazer atualizar o melhor de uma pessoa. Que livro melhor que o livro da humanidade?" (Mahatma Gandhi)

terça-feira, 11 de janeiro de 2011

Benção Yorubá


E por falar em paz, me veio à mente essa linda benção yorubá:

"Que a água seja refrescante;

Que a casa seja hospitaleira;

Que o mensageiro conduza em paz nossa palavra."

7 Tipos de PAZ...

De acordo com o povo Aymará (que vive na região dos Andes), existem 7 tipos de PAZ:
O 1º tipo é pra dentro de cada um de nós: com a saúde do corpo, a clareza da mente, a satisfação com o trabalho, a alegria com a pessoa que amamos...
"Sem paz consigo mesmo, não há PAZ;
O 2º tipo é para cima, paz com o espírito de nossos antepassados, com o DEUS de cada um.
"Sem paz com o mundo espiritual, ninguém fica totalmente em paz";
A 3ª paz é para frente com o seu passado. Ao contrário da cultura ocidental que põe o passado para trá, os Aymará o colocam adiante porque ele é o visto, o vivido e conhecido.
"Quem tem remorsos, dívidas não pagas, arrependimentos e culpas não consegue alcançar a paz";
A 4ª paz é para trás, com o futuro.
"Quem teme o que virá, se apavora com o que terá que enfrentar, com a possibilidade de más notícias não está em paz";
O 5º tipo de paz é para o lado esquerdo, com nossos familiares.
"desavenças domésticas, disputas e descontentamento coma família e amigos próximos, impedem de alcançar a paz";
A 6ª paz é para o lado direito, com os vizinhos.
"Estar pacificado na própria casa, mas em desavença com a casa ao lado, traz impedimentos para se alcançar a verdadeira paz";
A 7ª paz é para baixo, com a terra onde você pisa e tira o seu sustento.
"Se você provoca a tempestade ou se o solo secar ou tremer, não haverá paz completa."

segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

Certo X Errado...


O certo e o errado não existem, pois tudo é "moldado" conforme as crenças pessoais de cada um. O importante mesmo é o respeito por tudo e todos!


domingo, 8 de março de 2009

terça-feira, 3 de março de 2009

▒ Às vezes me sinto assim...▒


Uma parte de de mim é todo mundo
Outra parte é ninguém
Fundo sem fundo
Uma parte de mim é multidão
Outra parte estranheza e solidão
Uma parte de mim pesa, pondera
Outra parte delira
Uma parte de mim almoça e janta
Outra parte se espanta.
Uma parte de mim é permanente
Outra parte se sabe de repente
Uma parte de mim é só vertigem
Outra parte, linguagem.

Traduzir uma parte a outra parte
que é uma questão de vida ou morte
Será arte?
(Shakespeare)

domingo, 8 de fevereiro de 2009

segunda-feira, 2 de fevereiro de 2009